Connect with us

Ancelotti se torna o primeiro treinador a conquistar as cinco principais ligas do Velho Continente

Futebol Internacional

Ancelotti se torna o primeiro treinador a conquistar as cinco principais ligas do Velho Continente

Ancelotti se torna o primeiro treinador a conquistar as cinco principais ligas do Velho Continente

No início deste mês, o todo poderoso Real Madrid venceu pela 35ª vez o título da La Liga, o Campeonato Espanhol, ao bater o Espanyol por 4 x 0, com direito a dois gols de Rodrygo. Com a conquista da taça, o comandante da equipe merengue, o italiano Carlo Ancelotti garantiu um feito inédito, ele se tornou o primeiro técnico a faturar o título das cinco principais ligas do Velho Continente.

O primeiro torneio de uma liga nacional conquistado pelo italiano foi quando ele estava no comando do Milan, em 2004. Em sua passagem pelos rossoneri, o treinador acumulou diversas conquistas, dentre elas duas Liga dos Campeões, o Campeonato Italiano e também o Mundial de Clubes. Logo depois, quando foi para o Chelsea, Ancelotti continuou com sua carreira vitoriosa, vencendo a Copa da Inglaterra e o Campeonato Inglês no mesmo ano.

Posteriormente, o italiano desembarcou na França, assumindo o Paris Saint-Germain – por lá, ele venceu a Ligue 1, o terceiro título da competição do PSG e sua terceira liga nacional diferente. Em 2017, Carlo foi para o Bayern de Munique, e na liderança do comando técnico dos bávaros, ele venceu o Campeonato Alemão, assim como duas SuperCopa da Alemanha.

Pelo Real Madrid, além da recente conquista do Campeonato Espanhol, o treinador fez parte de um dos anos mais vitoriosos da história da equipe. Em 2014, ele foi o responsável por liderar o time na conquista da aguardada “La Décima”, a décima Liga dos Campeões vencida pelo Real Madrid. Mas, neste ano ele ainda venceu o Mundial de Clubes, a Supercopa Europeia e a Copa do Rei.

Na temporada atual, Ancelotti ainda tem a oportunidade de vencer mais uma vez a Liga dos Campeões, podendo essa ser sua quarta conquista da “Orelhuda”. E com o histórico impressionante do técnico e do Real Madrid nas finais da competição, as chances de isso ocorrer são grandes. Provavelmente por conta disso, muitos torcedores já estão em busca das plataformas com as melhores apostas esportivas para realizar seus pitacos na grande final do torneio, marcada para o dia 28 de maio. Sendo que nas plataformas selecionadas pelo apostasesportivas24.com, o torcedor encontra uma lista de promoções que aumentam seu saldo inicial, além de odds elevados, que em caso de acerto, acrescentam e muito aos ganhos do apostador.

Choro após conquista

 Mesmo com inúmeros títulos em seu currículo, Ancelotti ainda se emociona com cada taça que consegue levantar. Após vencer o Campeonato Espanhol, o técnico ainda com os olhos marejados afirmou: “É a primeira vez que conquisto um título no Bernabéu e o ambiente é algo especial. É a genética, meu pai se emocionava, meu avô também. Se eu fico muito feliz, choro”.

Levantar a taça de cinco ligas diferentes não é para qualquer um, e muito disso se deve ao poder da adaptação utilizado pelo italiano. Diferente de alguns outros treinadores de sucesso, como Pep Guardiola ou Diego Simeone, Carlo não é adepto de uma filosofia pré-concebida de futebol. Por conta disso, ele é um camaleão tático, sempre buscando formas de extrair o melhor do time que assume.

Na conquista do seu primeiro título nacional, no Milan, ele adotava o esquema tático 4-3-2-1, para que dessa forma pudessem jogar Kaká, Rui Costa, Gattuso, Pirlo e Seedorf. Com isso, Shevchenko era o responsável por marcar os gols da equipe, algo que deu muito certo, já que o time superou a Juventus, a melhor defesa da Série A, e venceu o Campeonato Italiano.

No Chelsea, o italiano chegou para assumir o lugar de Felipão, que fracassou no comando técnico do time inglês. A frente dos Blues, Carlo passou a fazer a equipe jogar em um 4-3-1-2, quando contava com Deco – sem o meio campista, o time jogava em um simples 4-3-3. Dessa forma, ele venceu a Premier League e impôs o recorde de marcar mais de 100 gols em uma temporada, que só foi quebrado recentemente pelo City de Guardiola.

Daí por diante, o Ancelotti passou a adotar estratégias diferentes para qualquer time que assumisse, algo que tem dado certo até hoje. Basta verificar os resultados do italiano, que no final desse mês, pode expandir ainda mais sua galeria de troféus.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.

To Top