Connect with us

Torcedor do River Plate arremessa banana na torcida do Fortaleza

Manifestação racista aconteceu durante o triunfo da equipe argentina e da casa por 2 a 0, pela 2ª rodada da Copa Libertadores da América

Times de Futebol

Torcedor do River Plate arremessa banana na torcida do Fortaleza

Torcedor do River Plate arremessa banana na torcida do Fortaleza

O futebol segue com acúmulo de atos racistas por parte de ’embate’ entre torcidas. Na noite da última quarta-feira (13), na partida entre River Plate e Fortaleza, pela 2ª rodada da Libertadores, mais uma cena lamentável aconteceu.

Um torcedor da equipe argentina foi gravado arremessando banana na torcida do Leão do Pici.

Os brasileiros eram mais de dois mil presentes no estádio Monumental de Nuñez e fizeram uma garnde festa antes do duelo inédito.

O momento do ato foi capturado por um torcedor presente na praça esportiva e publicada na página do jornalista Alanio Pereira no Twitter.

Dentro de campo, o Tricolor do Pici acabou derrotado por 2 a 0. Por consequência, os Millionários assumiram a liderança do Grupo F, com seis pontos.

Por outro lado, o time do técnico Juan Pablo Vojvoda segue com pontuação zerada, já que sofreu outro revés na estreia na competição, diante do Colo Colo por 2 a 1.

Apesar da segunda derrota consecutiva, o técnico argentino avalia como positiva a apresentação do time na noite da última quarta.

“O primeiro tempo tivemos quatro ou cinco situações muito claras, acredito que os jogadores chegaram no campo ofensivo. No segundo tempo, o adversário teve mais controle da bola e foi diferente do primeiro. Criamos situações de gols em um campo difícil, o placar foi 2 a 0 com o Fortaleza preparando o jogo e criando situações de gols”, explicou.

Após o confronto, o Fortaleza divulgou uma nota oficial (confira a íntegra ao fim desta reportagem). No comunicado, o clube cearense exigiu a identificação e a punição do torcedor.

“Racismo e xenofobia são crimes, e nossa instituição reforça o pedido de um posicionamento oficial da Conmebol Libertadores para a rápida identificação do autor para que todas as medidas cabíveis sejam tomadas”, cita um trecho do texto.

Tal qual o Leão do Pici, o River também manifestou um posicionamento e publicou em suas redes sociais:

“River Plate manifesta seu mais absoluto repúdio aos gestos racistas e xenófobos de um torcedor na direção dos visitantes e comunica que já está implementando as medidas cabíveis para identificar o culpado e aplicar as devidas sanções.”

Confira a nota oficial do Fortaleza:

“O Fortaleza Esporte Clube repudia, de forma veemente, o ato de racismo e de xenofobia ocorrido no Estádio Monumental de Núñez por um torcedor da equipe local. O Clube foi bem recebido, a torcida desfrutou Buenos Aires por inteira e o crime, em específico, machuca o esporte. O racista e xenófobo deve ser identificado, localizado e punido pelas autoridades competentes.

Somos 2 milhões de torcedores e torcedoras, somos de todas as classes e de todas as cores. O River Plate, um dos maiores clubes do Mundo, nos recebeu de forma educada, honrosa, o que nada se compara ao ato em questão.

Racismo e xenofobia são crimes, e nossa instituição reforça o pedido de um posicionamento oficial da CONMEBOL Libertadores para a rápida identificação do autor para que todas as medidas cabíveis sejam tomadas.”

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.

To Top