Alexandre Mattos mantém inspiração em Eduardo Maluf para carreira de sucesso

O diretor de futebol Alexandre Mattos, do Atlético, não esconde que se espelha em um dos grandes dirigentes do futebol mineiro, mesmo já tendo posição de destaque no cenário nacional. Durante live no canal do jornalista Olivério Jr., que contou com a presença também de Paulo Pelaipe, diretor de futebol do Flamengo, Mattos reafirmou ter Eduardo Maluf como sua maior referência para ser bem sucedido na sua função.  Quando começava sua carreira no América, em 2005, Mattos via Maluf despontando como um dirigente respeitado, já defendendo as cores do Galo. “O primeiro presidente que me deu oportunidade de atuar em um time de futebol profissional foi Antônio Baltazar, do América. Eu fui voluntário do clube por três anos, passei por várias áreas como departamento jurídico, financeiro e marketing. Até dirigir carro que o clube ganhou em promoção de patrocinador eu dirigi. Eu lembro bem de dizer para o Baltazar que, se ele me desse a oportunidade, eu iria fazer de tudo para ser como o Eduardo Maluf. Garanti a ele que me prepararia para chegar perto do que ele fez”, lembra. Trajetórias Alexandre Mattos chegou ao Atlético neste ano, marcando presença no terceiro grande clube de futebol de Belo Horizonte. Depois de começar carreira no América, ele trabalhou no Cruzeiro, tendo importante participação nos títulos do clube no Brasileirão de 2013 e 2014, sendo eleito o melhor diretor de futebol do Brasil. O bom desempenho na Raposa o fez despertar atenção do Palmeiras, clube em que ele trabalhou entre 2015 e 2019.  Mattos repete trajetória parecida com a de Maluf, que também teve sucesso nos dois maiores rivais da capital mineira. No Galo, Maluf trabalhou em 2000 e depois entre 2010 e 2017. No time celeste, também teve duas passagens, uma como gerente e outra como diretor, quando ajudou o clube a conquistar 13 títulos. Sua trajetória começou como dirigente do Valério, de Itabira, sua cidade-natal.

 

Fonte: O Tempo