América faz acordo com Barbieri e sofre ação de R$ 1,3 milhão, de ex-zagueiro

Com o processo correndo na Justiça do Trabalho desde o dia 29 de maio, América e Maurício Barbieri finalmente chegaram a um acordo sobre dívidas trabalhistas. Em termo publicado pelo juiz Fábio Gonzaga de Carvalho, da 48ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, as partes homologaram acordo no último dia 9 de julho. O ex-técnico cobrava do Coelho R$ 649.014,26, entre multa por rescisão de contrato e FGTS, mas no acordo ficou definido que América desembolsará ao todo R$ 426 mil. Em julho de 2019, Barbieri foi demitido pelo América, após ficar pouco mais de dois meses no cargo. Com apenas uma vitória, em nove jogos, o treinador deixou o Coelho na zona de rebaixamento da Série B, e foi dispensado logo após a goleada sofrida para o Figueirense por 4 a 0. Mais uma ação na justiça: Outra pendência para os advogados americanos é a ação que corre na justiça desde o último dia 26 de junho. O zagueiro Paulão cobra R$ 1.302.028,28 do América, que seriam referentes ao que o atleta deveria receber até o final do contrato, além de FGTS e outras verbas trabalhistas. Paulão chegou ao América em agosto de 2018, durante a disputa da primeira divisão do Brasileiro e foi dispensado em setembro de 2019, após realizar 42 jogos pelo Coelho.

 

Fonte: O Tempo