Connect with us

Abel Braga celebra desempenho do Fluminense e garante Ganso na titularidade da próxima partida

Técnico somou sua 15ª vitória em 20 jogos na quarta passagem pelo Tricolor. Vitória do Flu contou com Ganso eleito melhor jogador da partida

Fluminense

Abel Braga celebra desempenho do Fluminense e garante Ganso na titularidade da próxima partida

Abel Braga celebra desempenho do Fluminense e garante Ganso na titularidade da próxima partida

O Fluminense largou com o pé direito na Copa Libertadores da América. Frente ao Oriente Petrolero, no Estádio Maracanã, a equipe carioca venceu o duelo por 3 a 0.

Diante do resultado, o desempenho agradou o técnico Abel Braga. Além disso, o rendimento individual de alguns jogadores também foi citado pelo treinador na entrevista coletiva pós-jogo, na última quarta-feira (6).

Titular nos últimos três jogos seguidos, o meio-campista Paulo Henrique Ganso recebeu elogios do comandante, que o garantiu na próxima partida da temporada.

“A gente estava procurando jogar mais, ficar mais perto do gol do adversário. Nossas peças vão mudar, mas o estilo tem que ser mantido. O Ganso já está escalado para sábado (risos). Cada vez mais está se apresentando bem. Nós não fizemos uma atuação brilhante, acho que a vitória foi justa. Eu sabia que esses caras corriam muito, foi complicado, difícil, mas feliz ainda mais porque deu empate no outro jogo e nós conseguimos mais três pontos”, declarou Abel.

No terceiro jogo consecutivo com a camisa 10 de titular, Ganso faturou o prêmio de melhor jogador da partida.

Em 13 jogos neste ano, ele viu o Flu vencer 11, empatar um e perder apenas um.

Por causa da vitória com um placar extenso, o Tricolor das Laranjeiras galgou a ponta da tabela do Grupo H com três pontos.

Do contrário, os Verdolagas assumiu a lanterna da chave, pois Unión Sat Fe e Junior Barranquilla empataram em 1 a 1, no outro jogo do grupo, realizado na Argentina.

Com alguns desfalques para entrar em campo na estreia da Sul-Americana, Abel comentou também sobre as opções para modificar o time durante o jogo

“O time que entrou em campo vai ser sempre o melhor. Hoje eu não tive o Nino, perdi o Manoel, não tive o Calegari que estava no limite, tentei tirar aqueles que poderiam estourar, principalmente o André. O Arias poupamos depois também, porque é um desgaste muito grande. Não é um ataque de ficar na posição, é um que se movimenta. E quando você tem dois atacantes da mesma característica você tem que ter um meia no campo. É simples. Mas aqueles que a fisiologia e preparação vetam, é só isso que vou mudar. Vou sempre colocar o melhor que tenho”, analisou o treinador.

Pela competição da América do Sul, o Fluminense retorna ao gramado na próxima quarta-feira (13). O adversário será o  Junior Barranquilla, na Colômbia, pela segunda rodada.

Entretanto, no próximo sábado (9), inicia a largada na Série A do Campeonato Brasileiro, diante do Santos, no Maracanã, às 16h30.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

To Top