Se fosse Brigatti correria para fazer teste de COVID-19

Ontem, logo após o final da partida entre Palmeiras e Ponte Preta, o canal Premiere focou em V(W)anderlei(y) Luxemburgo que, sem máscara, dirigia-se aos vestiários da Arena palestrina.
No meio do caminho, porém, Luxa coçou o nariz, a boca e, ato contínuo, cumprimentou Brigatti, treinador da Macaca, com aperto de mão e também abraço.
Vale lembrar que o palmeirense foi diagnosticado, recentemente, com COVID-19.
Segundo a Fiocruz:
“(…) se a pessoa recuperada sair para exercer atividades na rua normalmente, ela pode trazer os vírus para casa nas roupas, nas solas dos sapatos, nas mãos etc. a partir do contato com superfícies potencialmente infectadas”
“Por isso, o distanciamento social precisa ser mantido mesmo pelos recuperados”
“Além disso, ainda não está esclarecido se existe ou não a possibilidade de reinfecção pelo novo coronavírus”
Brigatti e todas as pessoas que com ele tiveram contato após a irresponsabilidade de Luxa deveriam, com urgência, realizar o teste de COVID-19.

 

Fonte: Blog do Paulinho