Invicto em clássicos, América usa experiência no primeiro duelo do mata-mata

O América disputou dois clássicos até agora nesta edição do Campeonato Mineiro e saiu de campo sem ser derrotado. Por outro lado, o time do técnico Lisca também não conseguiu a vitória. As experiências nos empates em 1 a 1 com Cruzeiro, na quinta rodada, e com o atlético, na 10ª, deram mais maturidade aos jogadores do Coelho, que reencontram o Galo neste domingo (2), às 16h, no Mineirão, mas agora valendo vaga na decisão do Estadual. “Acho que a gente está devendo isso a nós mesmos. Acho que fomos até mais completos no jogo contra o Cruzeiro do que contra o Atlético. Tomamos um gol num vacilo no final. Essas experiências nos clássicos podem ser mais vantajosas para a gente agora se a gente conseguir ser mais eficiente no final”, diz o meia Alê, do América. Por ter feito melhor campanha do que o adversário, o América entra em campo jogando por dois resultados iguais. Mas o elenco não pensa em entrar em campo focado nesta vantagem. “A gente sabe que a gente tem a vantagem, mas tem que levar ela para dentro de campo na hora certa. Não agora neste primeiro jogou, ou mesmo antes de começar os jogos. Temos que entrar com a mesma intensidade, com o mesmo padrão de jogo e saber usar a vantagem na hora certa”, diz ele.

 

Fonte: O Tempo