João Paulo, do América, projeta rodízio nas escalações com o retorno do futebol

Dia 26 julho para o retorno do Campeonato Mineiro e oito de agosto para o início da Série B, do Brasileiro, são as datas que Federação Mineira de Futebol (FMF) e Confederação Brasileira de Futebol (CBF) trabalham como previsão para a retomada dos jogos. Com essa possibilidade, as equipes que participam das ligas nacionais devem sofrer com uma sequência pesada de partidas, devido ao período de inatividade, por conta da pandemia do novo coronavírus. Para o lateral-esquerdo João Paulo, que conviveu com lesões no início do ano, o rodízio entre os jogadores deverá ser utilizado ainda mais neste período, com um calendário totalmente atípico para o futebol. “Ser uma sequência desgastante e teremos que estar preparados. Particularmente, eu sofri as lesões no início do ano, mas graças a deus estou totalmente recuperado. Creio que terá um rodízio natural pela quantidade de jogos que teremos. O atleta não vai sair pela condição física, e sim pelo desgaste. Isso, trará uma responsabilidade para aqueles que não estiverem jogando e precisarão estar preparados para entrar e suprir da melhor forma possível”, comentou o lateral.   Caso precise mexer na lateral-esquerda, o técnico Lisca estará bem servido, já que a disputa por ali é boa. Além de João Paulo, que neste mês de julho completou 34 anos, Sávio, de 25, foi titular boa parte da temporada. Outro que briga na posição, é o jovem de 20 anos, Lucas Luan. Para João Paulo, sua experiência pode representar uma vantagem, nesta concorrência. “Acho que a experiencia conta, pela vivência dentro do futebol e conhecer bem a posição. Isso pode até dar uma vantagem. Mas a disputa é muito sadia. Apesar dos meninos serem mais jovens, a gente sempre tem conversado para poder passar aquilo que já aprendemos, e estamos ainda aprendendo. Somos bem conscientes daquilo que um pode ajudar o outro. Então é bem tranquilo. Estamos fazendo o trabalho para que todo mundo tenha chance de jogar e um suprir a carência do outro, quando necessário”, destacou. João Paulo chegou ao América no início de 2019 e, no fim do ano passado, a diretoria anunciou a prorrogação de contrato do atleta até o fim de 2020.

 

Fonte: O Tempo