Chamusca demonstra preferências em amistoto e artilheiro do Cuiabá fica no 2º time

O empate do Cuiabá em 1 a 1 diante do Atlético Goianiense, no amistoso de ontem no CT do Dragão, em Goiânia, deu pistas do time ideal que o técnico Marcelo Chamusca busca para a estreia no Campeonato Brasileiro da Série B diante do Brasil de Pelotas, dia 7 de agosto, na Arena Pantanal. Como o jogo não era oficial, foi dividido em dois tempos de 60 minutos e todos os 23 atletas levados na viagem, foram testados.
Na primeira hora, Chamusca entrou com João Carlos; Hayner, Anderson Conceição, Everton Sena e Romário; Auremir, Rafael Gava e Elvis; Yago, Jenison e Felipe Marques. Como o Atlético entrou com força máxima e mexeu menos do que o Dourado, a lógica é de que este é o time ideal traçado por Chamusca.
Na segunda etapa, o treinador entrou com Matheus Nogueira; Pierini, Ednei, Hélder Maciel e Felipe Camargo; Marino, Matheus Barbosa e Raul; Willians Santana, Maxwel e Fabrício Daniel, autor do gol de empate no último minuto de jogo.
No sábado o Cuiabá volta a campo contra o Goiás e Chamusca poderá fazer novas experiências e mesclar o time. No entanto, já é perceptível que ele tem o setor defensivo ideal formado por Hayner, Anderson Conceição, Everton Sena e Romário. João Carlos deve mesmo ser o goleiro titular e de confiança do treinador.
No meio, Auremir e Rafael Gava levam vantagem. O ataque é a posição mais servida de jogadores e ainda deve contar com a chegada de Felipe Ferreira, vindo da Ferroviária. Mesmo antes de mais reforços, nomes como o do artilheiro do Dourado na temporada, Mawxell, e do experiente Willian Santana começam a ser preteridos para a titularidade.

Fonte: Só Notícias