Artilheiro ao lado de Daniel Alves, Pablo analisa gols e posicionamento

Apesar dos dois gols feitos por Pablo, o São Paulo não conseguiu evitar derrota para o Red Bull Bragantino, por 3 a 2, em seu retorno ao Campeonato Paulista, na 11ª rodada, após a paralisação de quatro meses devido à Covid-19. Ainda assim, os números do atacante dão esperança de que o jogo da última quinta-feira à noite foi apenas um tropeço.Pablo chegou ao Tricolor em dezembro de 2018, vindo do Athletico-PR. Desde então, são 42 jogos no total, com 12 gols marcados, uma média de 0,28 gol por partida. Em 2020, o centroavante entrou em campo em 12 oportunidades, tendo balançado a rede cinco vezes, o que aumenta sua média anual para 0,41 gol por jogo. Os quatro últimos tentos do time foram marcados por ele.- Marcar sempre é positivo, sempre é bom. Eu vim de um começo de ano sem gols e espero que agora continue fazendo para ajudar a gente a conquistar os resultados que a gente quer, que sempre será a vitória. Estou muito feliz com os gols, pena que não vencemos a partida – disse Pablo após a derrota para o Bragantino.

No ano passado, ele foi o artilheiro do time e, com os dois tentos marcados contra o Braga, no Morumbi, Pablo juntou-se a Daniel Alves na artilharia do São Paulo deste ano, já que o camisa 10 também soma cinco gols. Pablo fez um raio-x do seu posicionamento e também dos dois gols marcados contra o Bragantino:- Jogando na ponta eu tenho essa liberdade também para vir para dentro e não ficar tão preso, fixo na área, então, tenho essa liberdade. Se não me engano, foi numa retomada de bola que a gente acelerou o jogo, achou o passe atrás e eu pude finalizar. Tenho essa liberdade para me movimentar, buscar espaço onde possa ter. Foi um belo gol o segundo – disse.- O primeiro é uma característica minha já de estar o mais bem posicionado possível e, tendo cruzadores como o Reinaldo, como o Dani, como o Juanfran, facilita muito, porque o cruzamento sempre será muito bom e é só estar concentrado para fazer o gol – finalizou.

Agora, o São Paulo volta suas atenções para o seu próximo compromisso, diante do Guarani, no domingo, às 16h, na Vila Belmiro. Mesmo com a derrota, é o líder do grupo C, com 18 pontos, e já está classificado para as quartas de final. O Bugre, por outro lado, perdeu para o Botafogo-SP no retorno e precisa de um resultado positivo para avançar à próxima fase. O outro clube que disputa essa vaga no grupo D é o Corinthians.

Fonte: Lance