Missão difícil: Galo vai tentar derrubar a invencibilidade do América em 2020

O América foi para o intervalo do jogo contra o Atlético, no último domingo (26), perdendo por 1 a 0. O técnico Lisca fez os ajustes necessários e voltou para o segundo tempo disposto a não sofrer sua primeira derrota em 2020. O Coelho empatou com o Galo, venceu a URT na sequência e chega para o duelo deste domingo (2) com a invencibilidade debaixo dos braços. No Mineirão, o Atlético vai receber o América pela partida de ida da semifinal do Campeonato Mineiro. No jogo, marcado para 16h, o Galo vai tentar derrubar o invencibilidade do Coelho no Estadual e no ano. Até aqui, são 14 jogos, com oito vitórias e seis empates. O cenário para o Atlético não é fácil. No jogo do fim de semana, após ajustes no intervalo, o técnico Lisca conseguiu neutralizar o Galo até chegar ao empate. Na partida seguinte, o Atlético goleou o Patrocinense com facilidade por 4 a 0. Em 2020, o América disputou três partidas pela Copa do Brasil, com uma vitória e dois empate. Já no Mineiro, ao longo dos 11 jogos da primeira fase, foram sete triunfos e quatro empates. O América iniciou a temporada sob comando de Felipe Conceição, com Lisca assumindo depois. O atual treinador já comandou o time em 11 ocasiões, sem derrotas. Se Lisca está invicto com o América, Sampaoli também está com o Atlético. A diferença é que o argentino comandou o Galo em apenas três jogos até então, com duas vitórias e um empate, todos pelo Campeonato Mineiro. O Atlético de Sampaoli marcou oito gols e sofreu dois.  Na semifinal do Mineiro, o América terá a vantagem do empate. Como terminou com uma colocação melhor que o Atlético (2º x 3º), o Coelho avança para a final em caso de placar agregado em igualdade. O jogo de volta será na quarta (5), às 21h30, no Independência.

Fonte: O Tempo