Cazares, do Galo, presta depoimento sobre festas promovidas durante a pandemia

O meia Cazares se apresentou nesta segunda-feira (6), na delegacia de Polícia Civil, em Lagoa Santa, na região metropolitanan de Belo Horizonte, para prestar esclarecimentos sobre festas promovidas por ele em seu condomínio durante a pandemia do novo coronavírus. O depoimento estava marcado inicialmente para terça-feira (7), mas o jogador preferiu se antecipar. O jogador é investigado pela polícia por crime contra a saúde pública, ao infringir decreto municipal. O equatoriano foi ouvido e liberado em seguida.   “O jogador se apresentou espontaneamente hoje na unidade policial, juntamente com sua advogada. Sua defesa apresentou um argumento plausível para antecipar o depoimento, que a princípio, seria feito amanhã. Não vimos prejuízos para as investigações. Ele prestou depoimento, e vamos confrontar com os outros elementos de provas, já juntado no inquérito pólicia. Pretendemos finalizar o procedimento nos próximos dias”, explicou o delegado Flávio Rabello. Cazares estava com Covid-19, mas já se curou da doença. A Polícia Civil esperava que o jogador recebesse alta justamente para poder ouvi-lo. O meia testou positivo no fim de maio e, desde então, estava afastado dos treino na Cidade do Galo. Seguindo os protocolos médicos, Cazares testou negativo duas vezes para o novo coronavírus e, por isso, está liberado pelo departamento médico. Seu retorno já pode acontecer nesta terça-feira.

 

Fonte: O Tempo