A ‘esperteza’ está devorando o ‘esperto’ do Santos Futebol Clube

Após combinar redução salarial de 30% com os jogadores, por conta da pandemia de COVID-19, o presidente do Santos, no dia do pagamento, sem aviso prévio, descontou 70%.
Obviamente, todos ficaram indignados.
Como a vingança é um prato que se come frio, o goleiro Everson esperou completar três meses de salários incompletos – sem contar outros cinco de direitos de imagem atrasados – para, amparado pela lei trabalhista, solicitar rescisão unilateral de contrato.
Agora há pouco, Eduardo Sasha também entrou na Justiça pelo rompimento.
José Carlos Peres, que se achou o mais ‘esperto’ cartola do futebol brasileiro, está sendo agora devorado pela própria ‘esperteza’.
E o banquete, levando-se em consideração que os demais atletas estão na mesma situação que o goleiro, tende a ser ainda mais farto nos dias que estão por vir.

Fonte: Blog do Paulinho