Tombense rouba a cena no Campeonato Mineiro 2020

A pequena cidade de Tombos, na Zona da Mata Mineira, localizada a apenas cinco quilômetros de distância do estado do Rio de Janeiro, era praticamente desconhecida para a maioria dos mineiros até bem pouco tempo. De uns anos para cá, este município, de pouco mais de dez mil habitantes, vem ganhando notoriedade graças a seu ilustre representante. O Tombense Futebol Clube tenta fazer história e chegar pela primeira vez à grande final do Campeonato Mineiro.  O time da cidade, batizada com este nome curioso por causa das três imponentes quedas d’água de uma cachoeira que é o cartão postal da região, vem fazendo bonito no Estadual 2020. Lidera a competição e tem um dos artilheiros da disputa (Rubens, com 5 gols). Mas, garantir feitos importantes nos gramados do Estado e do país, não é de fato uma novidade para o clube fundado em 1914, mas que só se profissionalizou de fato no ano 2000. A equipe, que tem deixado para trás tradicionais clubes do futebol mineiro, já foi semifinalista do Estadual em outras duas oportunidades, conquistou o título da Série D em 2014 e disputa a Série C do Brasileirão desde 2015. O Tombense também já esteve três vezes a Copa do Brasil, sendo que no ano passado despachou o tradicional Sport na primeira fase, mas acabou caindo para o Botafogo, da Paraíba logo em seguida. Muitos apontam que o sucesso do time deve-se à ligação com o conhecido empresário do mundo esportivo, Eduardo Uran, que tem vários jogadores registrados em nome do clube e que nunca passaram por lá. O presidente e ex-jogador do clube, Lane Gaviolle, que não atendeu ontem aos chamados da reportagem, já se defendeu em outras oportunidades. Para ele, o Tombense se sustenta graças a patrocínios, verbas de TV e ajuda de empresários da cidade. Principais campanhas do Tombense Campeão Mineiro da Segunda Divisão em 2002 e 2006 Vice-campeão da Segunda Divisão em 2009 Vice-Campeão Mineiro Modulo II em 2012 Disputa o Módulo I do Mineiro desde 2013 Semifinalista do Campeonato Mineiro em 2013 (perdeu para o Atlético) e 2015 (perdeu para a Caldense) Campeão da Série D 2014 (enfrentou o Brasil de Pelotas na final) Está na Série C do Brasileiro desde 2015 Melhor campanha foi em 2017: 7ºlugar Ano passado ficou em 14º                                  Copa do Brasil Disputou a competição nas temporadas de 2014, 2016 e 2019 Nos dois primeiros anos saiu na primeira fase. Ano passado avançou à segunda fase pela primeira vez (Tirou o Sport na primeira e caiu para o Botafogo, da Paraíba).

 

Fonte: O Tempo