SES garante não ter autonomia para impedir jogos restantes do Campeonato Mineiro

Nesta quarta-feira, a Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais  (SES-MG) realizou entrevista coletiva para falar sobre os números e ações envolvendo a pandemia de coronavírus. Responsável pela entidade, o secretário Carlos Eduardo respondeu perguntas sobre o retorno do Campeonato Mineiro, que está previsto para acontecer no dia 26 de julho. Segundo ele, a SES não tem autonomia para impedir ou autorizar a competição. “Não somos coordenadores da competição e nem validadores de protocolos. Temos uma equipe que elabora protocolos e sinaliza à sociedade o caminho que deve ser seguido. O município que for receber a competição, terá que autorizar o evento e o Estado não pretende interferir nisso. Estamos direcionamento protocolo para atividades esportivas para um maior controle sanitário, sugerindo, por exemplo, os atletas se mantenham isolados até o momento da competição”, comentou o secretário, quando indagado sobre a possibilidade da reta final do torneio ter mais do que uma cidade como opção. Belo Horizonte é a ‘favorita’, apesar da Secretaria Municipal de Saúde afirmar que, se o torneio fosse hoje, a capital não poderia receber as delegações. Entre outras opções, estão Nova Lima e Sete Lagoas. Nesta quarta-feira, em entrevista à Rádio Super, o presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, chegou a citar Nova Serrana como uma alternativa.

 

Fonte: O Tempo