Rubens Menin sobre reforços do Galo: ‘não sou cartola, não sou eu quem contrata’

Apesar de ser decisivo em algumas das contratações feitas pelo Atlético, o empresário Rubens Menin afirma que não é dele a responsabilidade de contratar jogadores para o elenco alvinegro. Os pedidos para o presidente da MRV foram vários durante live no canal do jornalista Jorge Nicola, que teve recorde de presentes nesta quinta-feira.  “Eu não contrato, não sou cartola. Quem faz isso é o presidente e o Alexandre Mattos, sempre com a participação do Samapoli. Eles que definem. Vejo o Atlético com um plantel muito forte, são atletas que não chegam para preencher buraco e sim para fazer a diferença. O time formado hoje é para buscar título, é o que tem que ser feito. Quando a diretoria define onde deve haver reforço, procura os parceiros que podem ajudar. Não é nada fácil achar estes jogadores, é preciso dedicação e estudo para acertar na hora de trazer”, pontua Menin. Para ele, a qualidade técnica do jogador ajuda, mas não é suficiente para ser contratado. Foi o que ele disse depois de ouvir pedidos para ajudar o Galo a trazer o atacante uruguaio Cavani. “Não funciona assim: escolhe e traz. É preciso planejamento, saber a característica do jogador, ter noção de onde vai colocar pra jogar. Precisa? Ele é um grande jogador, mas precisa se encaixar. Se eu for dar palpite, vou mais atrapalhar do que ajudar. É preciso saber se o Mattos e Sampaoli querem, eles que conhecem. O futebol é muito complexo e precisa ser gerido por quem conhece”, pontua.

 

Fonte: O Tempo