Reformulada e livre do rebaixamento, URT quer incomodar Cruzeiro no Mineirão

Prestes a enfrentar o Cruzeiro pelo Campeonato Mineiro, no domingo, às 11h no Mineirão, a URT chegará a Belo Horizonte da forma como foi possível. A pandemia do coronavírus fez com que a equipe de Patos de Minas, sem chance de ser rebaixada, perdesse jogadores e tivesse que contratar outros de última hora.  “Alguns jogadores permaneceram e trouxemos de 10 a 12 novos atletas. O espaço foi curto de preparação, mas esperamos fazer frente ao Cruzeiro”, comenta Valtinho Souza, supervisor de futebol do clube, que participou, nesta sexta-feira, do Super FC 1ª edição. A mudança de treinador também foi uma das novidades. A presença de Johnatan Alemão no lugar de Ademir Fonseca fez com que alguns conhecidos da época de Caldense fossem indicados para preencher as lacunas que faltavam. “Tivemos pouco tempo para fazer contato com os jogadores e contratá-los. Alguns vieram do Módulo II, como do Nacional de Muriaé, para completar o grupo e outros a gente já conhecia, já tinham trabalhado com o Alemão”, explica. Apesar das limitações na preparação antes dos dois jogos finais, a URT respira aliviada por não ter mais chances de cair para a segunda divisão. “A gente imaginava que teria mais tempo de treinos, até porque ficamos três meses parados. Nossa situação é razoável porque não seremos rebaixados. Só disso estar garantido, é algo muito bom. Agora é fechar o campeonato dentro de campo”, completa. O grupo tem chegada a Belo Horizonte prevista para as 11h da manhã de sexta para realizar os testes de Covid-19 que serão custeados pela Federação MIneira de Futebol (FMF).

 

Fonte: O Tempo