Pretendido pelo Galo, goleiro Everson tem liminar negada

A Justiça do Trabalho de Santos negou na tarde desta terça-feira (21) o pedido do goleiro Everson, do Santos, que pleiteava rescisão contratual unilateral, por causa do atraso de salários por parte do clube da Baixada Santista. O pedido foi negado duas vezes em primeira instância, mas agora o jogador pode recorrer à segunda instância para tentar conseguir a liberação. Everson é cotado para reforçar o Atlético na sequência da temporada. O técnico Jorge Sampaoli trabalhou com o camisa 1 no Peixe no ano passado e gostaria de contar com o goleiro novamente no Galo. No entanto, Everson tem proposta do futebol internacional, o que pode dificultar a negociação. A reportagem tentou contato com o empresário do jogador, mas ainda não obteve resposta. Sem receber parte dos salários, Everson, acionou o Peixe judicialmente para conseguir a liberação unilateral do contrato e poder acertar com outra equipe. O clube paulista deve cinco meses de direitos de imagem ao atleta, além de 70% dos salários em carteira de trabalho referente aos últimos três meses. A dívida total gira em torno de R$ 7 milhões.

Fonte: O Tempo