Presidente do Cruzeiro pede reunião para alienação de imóvel para pagar dívida

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues solicitou nesta terça-feira (14), uma reunião extraordinária para o próximo dia 3 na qual o clube colocará em pauta a alienação de um imóvel da Raposa. O local, em questão é a ‘Campestre 2’, um espaço desativado em frente à própria Campestre, no bairro Santa Clara, e que vem servindo como um estacionamento. No início do ano, Vittorio Medioli,à época CEO do Cruzeiro, havia apresentando em um relatório a orientação de venda do espaço para amortizar as dívidas do clube.  As vendas da Toca I, Ginásio do Barro Preto e Sede Campestre 2, de acordo com Medioli, poderiam ser oferecidos como garantia de quitação de R$ 300 milhões de dívidas. Agora o objetivo, de acordo com o presidente Sérgio Santos Rodrigues, é o pagamento das dívidas que o clube possui na Fifa. A principal delas: o débito com Al Wahda (hoje em pouco mais de R$ 5 milhões com cotação atual do euro), que gerou uma punição de seis pontos ao Cruzeiro na Série B do Brasileiro. Sem pagamento dos valores em novo prazo, o time celeste pode ser rebaixado de divisão. Por esse mesmo débito, o clube perdeu seis pontos na tabela de classificação da segunda divisão.  “Por mais que nós tenhamos tomado várias decisões importantes, para restabelecer a confiança do mercado e honrar os nossos principais compromissos neste ano, que são o pagamento das dívidas na Fifa e os salários, algumas mudanças mais contundentes ainda precisam ser feitas, como a venda de imóveis. E diante da dívida que o Cruzeiro ainda tem com o Al Wahda, queremos trazer para o Conselho Deliberativo esta intenção da venda deste imóvel que o Clube possui, que não tem utilidade social, que é a Campestre 2″, disse o presidente, em entrevista ao site oficial do clube. “Esta é uma área que não é explorada diretamente pelo Clube, é um estacionamento terceirizado e que inclusive é deficitário. Os recursos serão importantes para auxiliar no pagamento destas dívidas que impactam diretamente na vida do Cruzeiro. Esperamos contar com o apoio dos conselheiros”, completou o mandatário.  A solicitação de Sérgio Santos Rodrigues veio por meio de carta ao presidente do Conselho Deliberativo, Paulo Pedrosa. O Super.FC buscou contato com Pedrosa para saber dos próximos passos que serão tomados pelo conselho. O dirigente ressaltou à reportagem que a intenção do conselho seja a possibilidade dessa reunião acontecer no dia 3 ou 4 do mês de agosto, mas que a questão logística e o contexto da pandemia ainda serão avaliados. Nagib Geraldo Simões, vice-presidente do conselho deliberativo, apontou ainda ao Super.FC que a mesa diretora iniciou os trabalhos para atender ao pedido do presidente. A iniciativa é vista com bons olhos, uma vez que o espaço é conhecidamente deficitário para o clube.   Veja a solicitação do presidente cruzeirense:  Ilmo Sr. Paulo César Pedrosa Presidente do Conselho Deliberativo Sede Administrativa – Cruzeiro Esporte Clube REF: Solicita reunião extraordinária do Conselho Deliberativo Nos termos do disposto no art. 21, inciso II, “b”, c/c o art. 27, inciso X, do Estatuto Social do Cruzeiro Esporte Clube, servimo-nos da presente para solicitar a V.Sa, na qualidade de Presidente do Conselho Deliberativo desta entidade, que realize a convocação do Conselho Deliberativo, em reunião extraordinária, no prazo de 15 dias, contados da publicação do edital, a ser convocada com as informações a seguir e cuja pauta para deliberação será a seguinte:  Reunião Extraordinária Data: 03/08/2020 (segunda-feira) Local: Salão Nobre Barro Preto – Rua Guajajaras, 1722 Horário: 18h30 Pauta: Autorização para alienação de imóvel do Cruzeiro Esporte Clube, localizado à rua das Canárias, nº 269, bairro Santa Branca, com o fim específico de cumprir os compromissos financeiros junto à Fifa, em cumprimento no artigo 20, inciso VI, do Estatuto Social Assim, solicitamos a V.Sa, que tome todas as providências necessárias para a designação da reunião, com a necessária publicação do Edital. Atenciosamente, Sérgio Santos Rodrigues Presidente do Cruzeiro Esporte Clube

Fonte: O Tempo