Presidente do Cruzeiro cita propostas por sete talentos da base e avalia venda

Para aplacar a crise financeira e também colocar a casa em ordem, o Cruzeiro estuda propostas que vêm recebendo por jovens valores da base que estão recebendo oportunidades no time profissional. Sete nomes foram citados pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues como potenciais ativos no mercado, dentre eles está o volante Jadsom, que já recebeu uma proposta do Athetico-PR pela compra de 70% de seus direitos. A investida foi recusada pelo clube.  “Está no radar (vender jogadores). Então, propostas temos para vários. O próprio Maurício, Cacá, Caio Rosa, Welinton, Thiago, Pedro Bicalho. Até o próprio Stênio, que acabou de se integrar ao elenco como profissional, já tem proposta para ele. Mas é óbvio que a gente vai valorizar o nosso ativo, sem dúvida”, disse o presidente do Cruzeiro, em live realizada na última sexta-feira. “Existem muitas propostas para vários atletas nossos. Colocamos muito menino para jogar, atletas da base, que se destacaram. Tem pelo menos seis ou sete que estão sendo procurados pelo mercado nacional e internacional, mas é claro que a gente vai buscar a melhor proposta para que isso ocorra (venda)”, acrescentou o presidente celeste.  Dos atletas citados por Sérgio Rodrigues um está em uma situação especial. O clube estuda o empréstimo do atacante Caio Rosa, que retornou ao time sub-20. Em contrapartida, foram incluídos no time profissional os atacantes Stênio e Riquelmo. Ambos serão observados pelo técnico Enderson Moreira, que também avalia Guilherme, jovem recém-contratado por empréstimo junto ao Ituano.  Um dos jovens atletas da base do Cruzeiro já foi vendido nesta temporada. Trata-se do zagueiro Edu, que transferiu-se para o Athletico-PR por R$ 3 milhões.

 

Fonte: O Tempo