Paranaense tem equipe com apenas um reserva e vereador para completar time

Um fato curioso marcou o retorno do Campeonato Paranaense neste sábado (18). O Rio Branco relacionou apenas 12 jogadores para a partida contra o Cascavel, sendo que o único atleta no banco de reservas foi um goleiro. A equipe foi derrotada por 3 a 0 no jogo de ida das quartas de final sem fazer nenhuma substituição, no Germano Krüger, em Ponta Grossa. Da cidade de Paranaguá, o Rio Branco enfrentou muitas dificuldades com a pandemia. A equipe foi a única dentre as oito que seguem vivas no Paranaense que não conseguiu treinar para o retorno da competição. A representação do time foi na última quinta (16). O Rio Branco inscreveu 15 jogadores para a reta final do Paranaense, dos quais 12 estavam disponíveis para o jogo deste sábado. A equipe convidou o ex-jogador Ratinho, vereador de Paranaguá, para completar o time. Ele se aposentou em 2016 dos gramados, mas aceitou ajudar a equipe e atuou contra o Cascavel. Ratinho tem 40 anos e é um dos maiores ídolos do Rio Branco. A equipe perdeu 16 atletas durante a paralisação do futebol pela pandemia, dentre eles os titulares Dalton (goleiro), Salazar (zagueiro) e Jonathan Balotelli (atacante) e também o técnico Tcheco. O diretor técnico Amauri Knevitz foi quem comandou o time à beira de campo.

 

Fonte: O Tempo