Negociação do Galo por Bustos esfria com altos valores pedidos pelo Talleres

A negociação entre Atlético e Talleres, da Argentina, por Nahuel Bustos, deu uma esfriada nos últimos dias. Isso porque o clube argentino quer valores considerados altos pela diretoria do Galo. De acordo com o jornalista Gabriel Pazini, o pedido do Talleres é de 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 44 milhões) por 70% dos direitos do jogador. O Atlético autorizou alguns intermediários a a tentar um denominador entre os clubes, sendo Bustos um desejo do treinador Jorge Sampaoli. A autorização teve validade até o último dia 19, mas os empresários seguem negociando a transferência do atacante de 21 anos. Nos bastidores, segundo Pazini, o Talleres aceitaria reduzir a pedida para 7 milhões de euros (cerca de R$ 41 milhões), dada a insistência de Bustos para defender o Atlético. O jogador vem tendo contato com Jorge Sampaoli e ficou encantado com a possibilidade de defender o Galo.  O Atlético já fez uma proposta de 4,2 milhões de dólares por 50% dos direitos de Bustos, o que foi negado pelo Talleres. No momento, o cenário é de conversas que travam nos valores e insistência do jogador para vir ao Brasil. Além do Atlético, que já fez uma proposta formal, Bustos é monitorado por outros dois clubes brasileiros: Flamengo e Internacional. Os concorrentes, porém, ainda não enviaram propostas ao Talleres. Fora do Brasil, a concorrência é pesada. Segundo o presidente do Talleres, Andrés Fassi, em entrevista ao jornalista Gabriel Pazini, três equipes enviaram ‘carta de compromisso pelo jogador’, times da Itália (Milan), da Rússia (Krasnodar) e da Espanha. A proposta do Milan supera R$ 10 milhões de euros. Apesar de haver uma chama na negociação, o Atlético já procura um plano B. Nahuel Bustos era a prioridade total de Sampaoli, mas esse desejo tem travado nas altas cifras exigidas pelo Talleres.

Fonte: O Tempo