Nathan vê queda física do Galo em empate e mira time mais regular na quarta (29)

O meia Nathan decretou o motivo para o empate entre América e Atlético, em 1 a 1, no último domingo (26), no Independência: a parte física. Depois de um bom primeiro tempo da equipe alvinegra, o Galo não conseguiu repetir a atuação na segunda etapa e sofreu com os ataques do adversário. Na visão de Nathan, o Atlético poderia ter decidido o jogo nos primeiros 45 minutos. “No primeiro tempo, o time se desgastou muito fisicamente. Queríamos ter definido com muitos gols. Tivemos oportunidades. Se a gente tivesse feito o segundo e até o terceiro, seria mais tranquilo o jogo”, disse. Para quarta-feira (29), contra o Patrocinense, no Mineirão, o Atlético precisa vencer para confirmar a classificação. Por isso, Nathan espera um Galo mais regular durante a partida. “A gente vai entrar no próximo jogo com o intuito de vencer. Sabemos a importância do jogo. Colocar nosso ritmo de jogo. Entrar tanto no primeiro tempo quanto no segundo tempo fazer o que fizemos no primeiro tempo contra o América”. Nathan eximiu o técnico Jorge Sampaoli de qualquer culpa na queda de rendimento do time no segundo tempo. “Acho que o Lisca foi feliz na substituição. Entendeu como nosso time estava formado. Sampaoli passou para a gente o que tínhamos que fazer quando o time dele foi mexido. Para a gente foi difícil entender a forma como eles mexeram na marcação”, concluiu.

Fonte: O Tempo