Ministério Público do TCU investiga Jorge Kajuru por financiar canal pessoal do YouTube com dinheiro público

O senador Jorge Kajuru está sendo investigado pelo Ministério Público do TCU após denuncia de que estaria financiando seu canal pessoal do YouTube com dinheiro público.
Na prática, os funcionários que cuidam dessa iniciativa são os mesmos que trabalham em seu gabinete.
Existem atualizações ocorridas no horário de expediente e não há comprovação de que recebam salários – fora os pagos pela União – para exercício do ofício.
O canal de Kajuru possui 237 mil seguidores e já arrecadou, desde 2019, R$ 48,3 mil.
Os vídeos, em regra, exaltam ‘feitos’ do parlamentar e do governo Jair Bolsonaro.
A defesa do senador, rechaçada pelo MP, é a de seus funcionários, apesar de remunerados pela população, trabalham de forma ‘voluntária’ em suas mídias sociais.
Tempos atrás, o Blog do Paulinho revelou que Kajuru nomeava ‘colaboradores’ de seu programa de rádio (na Sagres FM de Goiânia) no gabinete, ‘economizando’ salários e demais despesas trabalhistas.
Além disso, Alexandre ‘Buda’, ex-motorista do senador, acusa-o, formalmente, da prática de ‘rachadinha’, iniciada ainda em Goiás, no seu escritório de vereador.

Fonte: Blog do Paulinho