Mesmo com chegada de zagueiros, Rabello não teme concorrência na zaga do Galo

O zagueiro Igor Rabello não se incomoda com a disputa acirrada pela titularidade na zaga do Atlético para o retorno do futebol, no próximo dia 26. Durante o período da pandemia por conta do novo coronavírus, o Galo contratou dois zagueiros, Bueno e Junior Alonso. Apesar de o primeiro ser uma incógnita, já que nunca atuou profissionalmente no Brasil e fez carreira no futebol japonês, o segundo chega com status de xerife, já que deixou o Boca Juniors como titular e faz parte da seleção do Paraguai constantemente. Mas, para Rabello, a chegada dos novos companheiros não atrapalha ou tira o foco do jogador. “Vejo sempre com bons olhos. Ano passado, o Gabriel estava no Botafogo e ele iria voltar e teve muitas perguntas sobre isso. Agora vieram o Bueno e o Alonso, jogadores com experiências internacionais. Vieram para somar e vão ajudar muito o Atlético”, disse. Na visão de Rabello, o time todo se fortaleceu com as contratações e que as chegadas dos jogadores dão mais otimismo em relação às conquistas do Mineiro e do Brasileiro. “O elenco todo (está forte). O Atlético fez bastante contratação buscando o Campeonato Brasileiro. São ótimos jogadores. Como eu disse do Bueno e do Alonso, o Keno, o Marrony, o Sena… são jogadores que vão nos ajudar muito. Entrar forte sempre tem que entrar. O grupo já era forte, já tinha chance de brigar, e agora, com as chegadas de mais reforços, a gente tem a chance de brigar por nossos objetivos”, concluiu.

 

Fonte: O Tempo