Manto da Massa: venda de camisas do Galo daria um gigantesco varal de 76 km

A ação Manto da Massa, do Atlético, que vendeu 100 mil camisas em quase oito dias, já é considerada um case de sucesso no marketing esportivo brasileiro. E quando se comparam as métricas com o linguajar do cotidiano, o resultado se torna ainda mais impressionante. O Super.FC pegou a calculadora e traçou grandezas, tomando como base o último modelo de jogo da Le Coq Sportif (veja as medidas abaixo). Se as 100 mil unidades comercializadas fossem colocadas num varal, o atleticano precisaria torcer contra o vento de BH a Sete Lagoas. A cidade da região Central do Estado fica a 76 km da capital.   Para fabricar tantas camisas, a Tecnotextil, empresa do Sul de Minas que produz diversas marcas esportivas, vai precisar de quase 12 campos de futebol só de pano, isso, sem considerar o desperdício. As 100 mil camisas, multiplicadas por dois para contemplar frente e  costas do uniforme, correspondem a 8,3 hectares (1 m² equivale a 1 hectare) de material. Como as dimensões do gramado do padrão Fifa têm 105 x 68 m, isso daria 11,7 campos de futebol. Se colocássemos todo o material em uma balança gigante, as milhares de camisas pesariam 8 toneladas, o equivalente a quatro “Galo Móveis”, aquele pitoresco carro customizado por torcedores durante a Libertadores de 2013. Cada camiseta pesa aproximadamente 80 g. Velocidade A venda promocional da camisa foi anunciada às 15h do dia 12 de junho. Às 9h do dia 20, o presidente Sérgio Sette Câmara fez um post em sua conta no Twitter festejando as 100 mil camisas vendidas. O período de 7 dias e 18 horas de venda equivale a uma camisa comprada a cada 7 segundos.   100 MIL VEZES OBRIGADO! A mobilização em torno dessa camisa só tem um segredo: participação da torcida! Como gestor, é esta a lição que fica. Organizar a casa, ser transparente e dar voz à Massa. Jogando juntos, seguimos fortes! Total: R$ 19.316.053,99 AQUI É #GALO! pic.twitter.com/bSCtewafKU — Sergio Sette Camara (@camara_sette) June 20, 2020 Com o preço de R$ 169,99, o Manto da Massa gerou uma arrecadação aproximada de R$ 19,3 milhões. Metade desse valor será destinado a ações de combate à pandemia do novo coronavírus (o clube ainda não anunciou como). Deduzindo custos de produção, o Galo deve embolsar entre 30% e 40% da receita. O uniforme foi desenhado pelo torcedor Flávio Markiewicz, que venceu o concurso provomido pelo Atlético. Ele teve 1.500 concorrentes. Clube e fabricante estipularam um prazo de 75 dias para a entrada da camisa aos torcedores. A peça promocional será usada em uma partida oficial quando a bola voltar a rolar pelo país. Métricas aproximadas (camisa tamanho G): Altura: 55 cm Largura: 76 cm Peso: 80 g

 

Fonte: O Tempo