Léo tem contraprovas negativas para Covid-19 e reforça Cruzeiro contra Caldense

Depois de testar positivo para a Covid-19 antes do jogo contra a URT no fim de semana, o zagueiro Léo foi liberado para as atividades após novos exames, feitos no último sábado e nessa segunda-feira, apresentarem resultados negativos para o novo coronavírus. Com a novidade, Léo foi reintegrado ao plantel celeste e já viaja com equipe para Poços de Caldas, onde o Cruzeiro enfrenta a Caldense nesta quarta-feira, às 21h30, no estádio Ronaldão, pela 11ª rodada do Campeonato Mineiro. Antes das contraprovas negativas, o zagueiro Léo, que estava assintomático para a Covid-19, foi afastado da delegação que participaria da partida contra a URT, no último final de semana, por questões de segurança, seguindo o protocolo implantado pelo Cruzeiro e por órgãos de saúde. “Após o teste inicial, Léo seguiu os protocolos determinados pela Federação Mineira de Futebol (FMF) e Confederação Brasileira de Futebol (CBF), com a orientação de que se repetisse o exame dias depois. Como os dois testes realizados posteriormente foram negativos e os exames de sangue que fizemos reforçaram esta informação, consideramos o primeiro como um falso positivo. De acordo com as orientações que temos, foi permitido o retorno do jogador ao grupo para que ele faça parte da delegação”, destacou Daniel Baumfeld, superintendente médico do Cruzeiro. Com base nos protocolos da FMF para a realização dos jogos, toda a equipe cruzeirense, que já está a caminho de Poços de Caldas, realizou novos exames para a possível detecção da Covid-19 nessa segunda-feira (27). Todos os testes indicaram resultados negativos.

 

Fonte: O Tempo