Investigado em inquérito de possível compra de sentença pelo Corinthians é advogado do São Paulo em briga para não pagar IPTU

Ontem (25), o Blog do Paulinho revelou que cartolas do Corinthians são investigados pelo MPF sob suspeita de participação em compra de sentença para evitar execução fiscal do alvinegro que ultrapassaria os R$ 487 milhões.
Entre os que prestaram depoimento estava o advogado alvinegro Juliano di Pietro.
MPF aponta que Presidente e vice do Corinthians confessaram corrupção ativa na Justiça Federal
Desde 2019, o São Paulo tenta, na Justiça de São Paulo, anular débitos de IPTUs que ultrapassam, em cálculo corrigido, os R$ 10 milhões.
Juliano di Pietro é o procurador do clube.
Pode não ser nada, mas enquanto as investigações do inquérito que envolve o Corinthians não obtiverem um resultado final, seria de bom tom que o Tricolor tomasse determinadas cautelas antes de possíveis tomadas de decisões equivocadas.

 

Fonte: Blog do Paulinho