Guilherme Castilho mostra personalidade no Galo e chama atenção de Sampaoli

O Atlético apresentou caras novas durante o jogo-treino contra o América na última quarta-feira (15), na Cidade do Galo. Entre as novidades levando-se em conta reforços e jogadores da base, Guilherme Castilho se destacou com boa atuação entre os reservas do Galo, na segunda metade do treinamento. Aos 20 anos, o volante que o Atlético foi busca no Mirassol, em 2018, possui pouca experiência profissional ao ser relacionados para dois jogos no Brasileiro do ano passado. Mas em 2020, o jogador, que tem contrato até o final do ano (o Galo tem opção de compra), espera figurar no concorrido meio-campo do time de Sampaoli. E se depender do técnico argentino e da comissão técnica, o objetivo tem tudo para se concretizar, mesmo após as chegadas de Léo Sena, Alan Franco, Allan e as presenças de Jair e Blanco. O jogador vem fazendo bon treinamentos e chamando a atenção positivamente do comandante atleticano. A vontade do jogador foi demonstrada durante o jogo-treino, do qual ele considera como uma grande chance. “A gente encara como se fosse o último treino da vida, o último prato de comida. Então a gente se prepara para quando precisar, estar preparado”, declarou. “Eu vejo um elenco muito forte. Venho de time pequeno. E aqui tem o Tardelli, Arana, Fábio Santos… Eu estou aprendendo muito com eles. É aproveitar. Mas tenho qualidade para estar no meio deles. Se eu não tivesse, não estaria aqui”, declarou. Com bom passe e bom poder de marcação, Castilho costuma chegar a frente com facilidade e arrisca bastante chutes de fora da área. O perfil agradou a comissão técnica que pensa em manter o jogador, oriundo do time de transição, no elenco principal.

 

Fonte: O Tempo