Governo do Estado constrói 10 pontes de concreto no Araguaia e investe R$ 25 milhões

O governo do Estado avançou na construção de 10 pontes de concreto no Vale do Araguaia, em quatro rodovias estaduais que cortam a região e contribuirão para o desenvolvimento do Estado. Na MT-326, no trecho que compreende o entroncamento da BR-158 até o município de Cocalinho, na divisa com Goiás, são executadas quatro pontes nos rios Borecaia e vazante, Corixinho, Corixão, e Água Preta. São investidos aproximadamente R$ 25 milhões.
A ponte sobre o Rio Borecaia e vazante é a maior sendo executada nesse trecho, com extensão total de 190 metros. A obra já está na reta final, em fase de acabamento e foram investidos R$ 11 milhões para sua execução.
Já a ponte sobre o Rio Corixinho terá 75 metros de extensão e 55% dos serviços já foram executados. Ao todo, são investidos quase R$ 5 milhões nesta obra. Outra ponte é construída sobre o Rio Corixão e terá 60 metros de extensão. Aproximadamente 66% dos serviços já foram executados.
Também está em construção a ponte no rio Água Preta, que terá uma extensão total de 50 metros e aproximadamente R$ 3,4 milhões são investidos na execução da obra.
Na MT-100 estão em construção três nos Córregos Sete Voltas e Pitomba, no município de Araguaiana, além do Rio Claro, em Alto Araguaia. São investidos quase R$ 10 milhões para a execução das três obras.
A maior das três é a no Córrego Sete Voltas, com extensão de 60,55 metros. O investimento é de R$ 4 milhões. A ponte sobre o Córrego Pitomba tem extensão de 30,5 metros e o valor da obra é de R$ 1,5 milhão. As duas obras facilitarão a ligação do município de Araguaiana com Barra do Garças.
No Rio Claro tem extensão de 40,55 metros, a estrutura tem investimentos de R$ 2,7 milhões e vai permitir a ligação da MT-100 sentido BR-364.
Já na MT-020, em Canarara, estão em construção duas pontes de concreto, sobre os Córregos Canastra I e II, com extensão de 31 metros e são investidos R$ 3,5 milhões na execução nas duas.
Ainda em Canarana, mas na MT-109, está sendo construída a ponte sobre o Rio Tanguro, com 31 metros e atualmente são realizados os serviços de infraestrutura.
O governo também prevê a construção da ponte de concreto sobre o Rio das Mortes, na MT-326, que vai interligar os municípios de Cocalinho e Nova Nazaré. A ordem de serviço para início da obra já foi emitida e a ponte terá 483 metros, sendo considerada a maior ponte dessa estrutura já construída em Mato Grosso.
De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, as pontes de madeira são consideradas entraves logísticos para o escoamento da produção e transporte – e a substituição por estruturas de concreto diminui esses obstáculos e maior fluidez do trânsito nessa região.

Fonte: Só Notícias