Golpe consumado no SAFESP

Aurélio Sant’Anna Martins, sete meses após assumir a presidência do SAFESP (Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de São Paulo), licenciou-se do cargo para disputar as eleições municipais de Jacareí/SP.
Em seu lugar assumirá a vice Regildênia Moura, que, contrariando o estatuto da entidade, segue sendo remunerada, e escalada, para atuar na arbitragem.
O ‘golpe’ (inclusive o objetivo político), há tempos, vem sendo anunciado pelo ex-árbitro Euclydes Zamperetti Fiori, em sua coluna semanal no Blog do Paulinho.
Martins enganou alguns eleitores, mas muitos deles, conscientemente, trocaram votos pela ‘honra’, conforme demonstram filmagens do dia das eleições, que flagraram farta distribuição de ‘mimos’ juntos à urnas.
De prático, o agora presidente licenciado, trabalhou como funcionário da Federação Paulista de Futebol, não do SAFESP, atendendo a todos os pedidos de Reinaldo Carneiro Bastos, nenhum deles favoráveis à arbitragem.
Pelo contrário.
‘Doutor’ Aurélio indicou, por ordem da Federação, como representante do SAFESP no TJD o controverso José Aparecido de Oliveira, que, há vários anos não frequenta o Sindicato.
Na última semana, participou, de maneira absolutamente estranha, da reunião, em meios a cartolas de clubes e da FPF, que definiu a volta do Paulistinha.
Quando instado a falar, defendeu Carneiro.
Com o ‘aplique’ nitidamente revelado, resta aos árbitros – pelo menos entre os que possuem vergonha para sentir – urgente composição para destituição dos espertalhões e convocação de novas eleições.

 

Fonte: Blog do Paulinho