Galo tem vitória jurídica em caso envolvendo transferência de Cazares, em 2015

O departamento jurídico do Atlético teve êxito no caso envolvendo o meia Cazares e o Banfield. O recurso do clube argentino foi negado pela Corte Arbitral do Esportes (CAS), em que o ex-time do meia cobrava 15 milhões de dólares (cerca de R$ 80 milhões na cotação atual) do Atlético pela transferência do atleta, em 2015.  A decisão foi em segunda instância e não cabe mais recurso. A vitória do Galo foi comemorada pelo vice-presidente do clube, Lásaro Cândido da Cunha, em suas redes sociais. “Decisão final e definitiva do CAS referente a ação do Banfield contra o Atlético. Caso Cazares. Pedido de 15 milhões de dólares. Assunto encerrado. Grande vitória do Galo. Parabéns equipe jurídica!”, disse o vice do Galo.   Decisão final e definitiva do CAS referente ação do Banfield contra o ATLÉTICO. Caso Cazares. Pedido de 15 milhões de dólares. Assunto encerrado. Grande vitória do GALO. Parabéns equipe jurídica! pic.twitter.com/dlzITsAx4K — Lásaro Cândido (@lasaroccunha) July 7, 2020   Em 2015, o Atlético negociou o meia Cazares com o Independiente del Valle, do Equador, ao qual pertencia o meia Cazares. Na época, o jogador estava emprestado ao Banfield, da Argentina, que tinha a prioridade na compra. O clube argentino, porém, não tinha exercido o direito dentro do prazo estipulado. O Banfield, com isso, não concordou com a compra do Atlético e entrou com uma ação na Fifa pedindo uma indenização pela venda de Cazares ao Galo. O Atlético já tinha conseguido uma vitória em primeira instância, o que se repetiu em segunda instância. Não cabe mais recurso.

 

Fonte: O Tempo