Galo recebe o Patrocinense e depende só de si por classificação no Mineiro

Uma vitória simples. É disso que o Atlético precisa na noite desta quarta-feira (29) sobre o Patrocinense para se garantir nas semifinais do Campeonato Mineiro. Os times vão entrar em campo com pretensões distintas às 21h30, no Mineirão, pela última rodada da primeira fase do Estadual.  Com 19 pontos, o Atlético é o quarto colocado do Mineiro e fecha a zona de acesso à etapa final da competição. O time precisa vencer para avançar ou então torcer por um tropeço do Cruzeiro diante da Caldense. Se a Raposa, quinta colocada com 17 pontos, não conseguir uma vitória, o Galo avança independentemente de seu resultado. Em campo, Sampaoli vai tentar evitar uma situação que não acontece desde 1997, última vez que o Galo não esteve entre os quatro melhores da competição. A tarefa do argentino também vai ser de dar continuidade a um trabalho que nutre muitas expectativas positivas da torcida. O Atlético retomou o Mineiro com um empate em 1 a 1 com o América. O time de Jorge Sampaoli apresentou um bom primeiro tempo, mas foi dominado pelo Coelho de Lisca na etapa final. Contra o Patrocinense, vai contar com o retorno de Guilherme Arana para a lateral-esquerda. O técnico argentino terá uma novidade para esta quarta. O atacante Keno, contratado durante a pandemia, foi regularizado e já pode ser utilizado pelo treinador. Gabriel, Gustavo Blanco e Diego Tardelli seguem como baixas por lesão. Time de Milagres Se a meta do Galo é a semifinal do Mineiro, o Patrocinense briga por uma vaga no Troféu Inconfidência, que vai contemplar os times que terminarem a primeira fase entre a quinta e a oitava colocação. Para isso, precisa vencer ou torcer por tropeços de URT (contra o América) ou Boa Esporte (contra o Tupynambás). O Patrocinense é treinado por Milagres, ex-goleiro e ídolo do América. Ele assumiu a equipe já durante a pandemia e em meio a uma grande reformulação do elenco. O clube chegou a dispensar todo o elenco, retornando com seis deles. Depois, contratou mais 16 jogadores. A equipe voltou a treinar apenas em 13 de julho, quase dois meses depois do Galo (19 de maio). FICHA TÉCNICA Jogo: Atlético x Patrocinense Motivo: 11ª rodada do Campeonato Mineiro Local: Mineirão Horário: 21h30 Arbitragem: Paulo Cezar Zanovelli, auxiliado por Pablo Almeida Costa e Magno Arantes Lira Transmissão: Rádio Super 91,7 FM e Premiere  Atlético: Rafael; Guga, Réver, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Hyoran e Nathan; Savarino, Marquinhos e Marrony. Técnico: Jorge Sampaoli Patrocinense: Thiago Passos; Emerson, Nilo, Fernando e Pedro Rosa; Wisley, Thiago Lima e Magalhães; Danielzinho, Gladiador e Victor Rafael. Técnico: Milagres

 

Fonte: O Tempo