Galo não teme perder Jorge Sampaoli para o Flamengo

A saída de Jorge Jesus do Flamengo para o Benfica está próxima de ser oficializada pelos clubes. E, com isso, o atual campeão da Libertadores e do Brasileiro corre atrás de um técnico de ponta para substituir o português. O técnico do Atlético, Jorge Sampaoli, que foi vice-campeão brasileiro ano passado pelo Santos, entrou na lista de possíveis substitutos do português. Mas o torcedor do Galo deverá temer pela saída do treinador argentino? Pelo cenário atual, dentro do Atlético, a resposta é ‘não’. Tudo porque as exigências de Sampaoli foram quase todas atendidas com o aporte financeiro de Rubens Menin e a MRV. Apenas alguns nomes que o treinador pediu o clube não conseguiu buscar pelo fato de o momento econômico mundial não permitir. A incerteza causada pela pandemia por conta do novo coronavírus fez o treinador ser convencido pelo clube de que algumas contratações não seriam possíveis por  questão financeira ou por entender que, no elenco, haveria uma peça que possa se encaixar no lugar. A multa para tirar Sampaoli do Atlético é de 2,5 milhões de euros (pouco mais de R$ 15 milhões), o que não é empecilho para as condições financeiras do Flamengo, porém os dirigentes atleticanos estão tranquilos pelo fato de o treinador ter ‘montado’ o time para as disputas que vierem pela frente, além de se mostrar satisfeito em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte, onde vive, e no próprio clube. Concorrência Nos bastidores do Flamengo, o nome de Jorge Sampaoli chegou a ser cogitado, porém, no momento, não há um consenso entre a diretoria flamenguista sobre quem deverá substituir Jorge Jesus. Mais dois treinadores surgem como concorrentes. O nome de Marcelo Galhardo, do River Plate, da Argentina, é um dos preferidos para a maior parte da direção flamenguista. Mas o português Marco Silva, ex-Watford e Everton, ambos da Inglaterra, também possui a preferência de membros importantes do Flamengo.

 

Fonte: O Tempo