Entre futebol e estádio, o Flamengo, corretamente, optou pelo primeiro

A diretoria do Flamengo descartou, ainda que não publicamente, qualquer possibilidade do clube construir um estádio de futebol nos próximos anos.
O Corinthians está sendo citado, na Gávea, como exemplo a não ser seguido.
Desde que ergueu sua Arena, o Timão limitou sua capacidade de compor bons elencos de jogadores e tem encontrado dificuldades em equacionar seu departamento de finanças.
Os cartolas rubronegros, acertadamente, puseram na ponta do lápis, e não no impulso de torcedores, a decisão.
As contas mostraram que alugar o Maracanã durante todo o ano deixará nos cofres do clube bem mais dinheiro do que um estádio próprio tendo que ser pago, em parcelas, ao longo de décadas.
No estudo levou-se em consideração frequência idêntica de público em ambos os locais.
Bastava fazer as contas, ainda mais com o Pacaembu a disposição, para impedir a loucura, procedimento que o Corinthians deixou de lado para adotar o de projeções irreais e promessas difíceis de serem cumpridas.

 

Fonte: Blog do Paulinho