Enderson explica presença de Angulo e vê Cruzeiro com capacidade de melhorias

Uma das situações que chamaram a atenção na estreia de Enderson Moreira no comando do Cruzeiro foi a presença de Angulo, jogador que será devolvido ao Palmeiras após solicitação de Vanderlei Luxemburgo, entre os titulares. O colombiano participou ativamente do duelo e fez, enfim, sua estreia no futebol profissional do Brasil, algo que ainda não havia feito desde que foi contratado pelo clube paulista.  Enderson foi questionado sobre a motivação de ter colocado o atleta sabendo que ele deixará o clube. O comandante avaliou as circunstâncias, e apontou que Angulo também pediu para estar em campo.  “Eu não posso deixar de pensar sempre no próximo jogo. Ele era um jogador que está vinculado ao Cruzeiro até o dia de hoje. Participou de toda a pré-temporada, ou essa nova temporada de preparação, ele pediu para poder jogar, gostaria de jogar, então a gente achou que fosse bem interessante a participação dele diante de todo o trabalho que foi desenvolvido durante esse tempo. Então foi muito bacana porque ele se esforçou muito, se dedicou muito ao jogo e foi bem interessante”, destacou Enderson.  O comandante analisou o desempenho do Cruzeiro na vitória sobre a URT por 3 a 0. O primeiro teste do comandante já sinalizou algumas das ideias que ele pretende implantar no clube celeste, como a marcação alta, transições rápidas e variação de jogadas. Mas ainda muitos ajustes serão feitos, como destacou Enderson.  “Uma reestreia depois de quatro meses parado, todo mundo com aquela ansiedade de poder retornar. (Tivemos) Coisas boas, coisas que logicamente podem ser melhoradas. A gente tinha alguns atletas suspensos, atletas que são importantes, alguns que não puderam participar. Acho que, acima de tudo, foi uma boa vitória, do grupo, do elenco, de podermos utilizá-los da melhor forma possível”, analisou o técnico.  Para uma estreia, Enderson fez um balanço positivo, mas também selecionou aspectos que podem ser aperfeiçoados. É a construção do Cruzeiro, que mira como principal objetivo o retorno à Série A.  “Diante daquilo que temos como ideia de jogo foi um primeiro teste, a gente não fez sequer um jogo amistoso, eram treinamentos entre a nossa própria equipe, então agoa a gente começa a visualizar algumas questões, a identificar alguns problemas, mas acho que como ideia geral ficou uma coisa que eu penso, de podermos saber estar mais compactados, de marcar mais em cima, de fazer uma pressão pós-perda. Acho que tivemos coisas bem interessantes e tenho a expectativa de que a gente possa melhorar muito na sequência. Isso vai ser fundamental”, finalizou o comandante estrelado.  O Cruzeiro, de Enderson Moreira, volta a campo na próxima quarta-feira, quando faz uma partida decisiva contra a Caldense, no Ronaldão, em Poços de Caldas, pela vaga à semifinal do Campeonato Mineiro. A partida acontece às 21h30.

Fonte: O Tempo