Cruzeiro mantém cautela no mercado e prioriza contratação de lateral-esquerdo

O Cruzeiro vai retomar sua participação no Campeonato Mineiro no dia 26 de julho, exatos dois meses após o retorno aos treinos na Toca da Raposa. Enquanto Enderson Moreira comanda os trabalhos em preparação para isso, o clube tenta viabilizar contratações para o treinador. A pauta de mercado do Cruzeiro tem, no momento, a prioridade de um lateral-esquerdo. Quantitativamente, o Cruzeiro está bem servido no setor. O clube tem três jogadores para a lateral esquerda, mas nenhum tem caráter de titular absoluto, tampouco é unanimidade em meio à torcida. As opções de Enderson atualmente são João Lucas, Patrick Brey e Marcelo Hermes.  Poucos nomes são ventilados no Cruzeiro. O clube tentou uma investida por empréstimo em Victor Luís, do Palmeiras, mas o jogador está próximo de acertar com o Botafogo. O Cruzeiro já buscou Raul Cáceres para a lateral direita, outra carência do clube. Na semana passada, em transmissão feita pelo Cruzeiro, o técnico Enderson Moreira afirmou que o clube vai ao mercado para contratar jogadores de qualidade, que possam de fato agregar ao seu esquema de jogo. “Não queremos trazer qualquer um também. Queremos trazer jogadores que tenham perfil adequado, jogadores que possam agregar um valor enorme em termos técnicos”, comentou o treinador. Na última quinta (9), o superintendente de Relações Institucionais e Governamentais do Cruzeiro, Léo Portela, afirmou que o lateral-esquerdo está ‘saindo do forno’. Na ocasião, ele foi questionado por um torcedor do Cruzeiro sobre contratações no Twitter, uma vez que o clube vai iniciar a caminhada na Série B em 8 de agosto. “Já temos o [Raul] Cáceres na [lateral] direita, o L.E. [lateral-esquerdo] está saindo do forno”, respondeu Portela ao questionamento do torcedor. Durante a pandemia, o Cruzeiro contratou o meia Régis junto ao Bahia, o lateral-direito Raúl Cáceres, que estava no Cerro Porteño (PAR), o meia Claudinho junto à Ferroviária e o atacante Guilherme Mendes, que estava no Ituano. Todos esses foram contratados após a chegada de Enderson Moreira.

Fonte: O Tempo