Corinthians quer pagar um mês de salários atrasados antes do Dérbi

Semana de Dérbi é especial e o clássico começa fora de campo. Pensando na importância desse jogo, o Corinthians quer dar um alívio ao seus jogadores antes da próxima quarta-feira, já que até lá busca meios para quitar pelo menos um dos três meses de salários atrasados (março, maio e junho).
Quem fez essa afirmação foi o diretor financeiro do Timão, Matías Ávila em entrevista ao programa “Mesa Redonda”, da TV Gazeta, no último domingo.- Devemos pagar uma folha até quarta-feira – declarou o dirigente.​

Durante a pandemia de coronavírus, o elenco corintiano aceitou o corte de 25% dos salários em carteira. Segundo Ávila, a folha salarial gira em torno de R$ 11 milhões, mas só 75% dela será paga diante do acordo feito com os jogadores.No mês passado, o atraso já havia chegado a três meses, porém o valor referente ao mês de abril, férias antecipadas por conta da paralisação, foi quitado, deixando somente os meses de março e maio pendentes. Acontece que o mês de junho, que era para ter sido pago no último dia 7, também não caiu na conta dos jogadores, deixando novamente o atraso em três meses.Embora os atletas já tenham embasamento jurídico para buscar uma rescisão contratual na Justiça, o Corinthians conta com a compreensão do grupo diante dos problemas financeiros do clube, que foram agravados durante a pandemia de coronavírus. Dessa forma, elenco e diretoria têm conversas constantes para que todos fiquem atualizados em relação ao que tem acontecido internamente.

Fonte: Lance