Conselho Fiscal do Corinthians ‘desaprova’ balancete semestral publicado por Andres Sanches

Após passar o ano de 2019 inteiro escondendo as contas do clube, o presidente do Corinthians, Andres Sanches, publicou, na última semana, um balancete dos seis primeiros meses de 2020.
A explicação é óbvia.
O próprio cartola disse, em recentes entrevistas, que ‘optou’ (descumprindo estatuto alvinegro) por não divulgar os números anteriores pelo fato destes serem negativos, fazendo-o, agora, porque o dinheiro da venda de Pedrinho, em manobra contábil (porque sequer entrou nos caixas e será dividido, posteriormente, com diversos intermediários), dá a impressão de solidificação financeira – que inexiste.
A apresentação deste balancete, porém, desagradou a membros do Conselho Fiscal, que, oficiosamente, comentam nos bastidores que querem a conta demonstrada mensalmente, o que indicaria, no quadro atual, cinco, de seis meses, desastrosos.
Para conferir detalhes do documento basta acessar o link a seguir:
Balancete do semestre de 2020 mostra que Corinthians deve dois estádios de Itaquera
Procurado pelo Blog do Paulinho, o presidente do órgão, Dr. Haroldo Dantas, desconversou:
“Não há nenhuma manifestação nossa nesse sentido… Isso ainda não foi objeto de deliberação…”
Foi a mesma resposta que recebemos, consultando a mesma pessoa, antes da reprovação das contas de 2019 da gestão Andres Sanches.

 

Fonte: Blog do Paulinho