Casares e os torcedores mais pobres do São Paulo

Uma das propostas de Julio Cesar Casares, candidato a presidente do São Paulo, é a de disponibilizar oito mil lugares no estádio do Morumbi para os torcedores mais pobres do clube.
Trata-se de projeto louvável, mas que precisa ser melhor detalhado.
Terão esses torcedores acomodações adequadas?
Porque, quase sempre, quando um clube decide ‘popularizar’ a frequência de seu estádio, os mais pobres são jogados nos piores lugares, em condições de higiene reprováveis.
Em finais de campeonato, com a demanda pelos ingressos ampliada, esses oito mil lugares estarão assegurados ou a ‘promoção’ valerá apenas para partidas insignificantes?
Se faz necessário esclarecer todos esses pontos para que não pairem dúvidas sobre o que é real ou, eventualmente, populismo.

 

Fonte: Blog do Paulinho