Base e futebol feminino têm contratos reativados pelo América

Após os 30 dias de férias compulsórias e ainda sem perspectivas de retorno do futebol, o América suspendeu o contrato dos atletas, membros da comissão técnica das categorias de base e feminino, além de outros colaboradores, por meio da MP 936 do Governo Federal, no início do mês de maio. Dois meses se passaram, a validade da suspensão se expirou, na última quinta-feira (02), e o Clube precisou reativar os contratos destes profissionais. Como ainda não há previsão para retomada dos treinos presencias das categorias de base e da equipe feminina, os atletas farão atividades remotamente, em suas casas, com orientações da preparação física. O que diz a MP 936: A Medida Provisória autoriza que empresas diminuam o salário e a jornada de trabalho por até 90 dias, ou suspendam os contratos de funcionários por até 60 dias. No caso de companhias com faturamento anual superior a R$ 4,8 milhões, essas terão de pagar pelo menos 30% do salário do funcionário afastado – o restante entra no modelo de pagamento via seguro-desemprego.

 

Fonte: O Tempo