Arena MRV terá cadeiras cativas acolchoadas e nomes de sócios-fundadores

Atlético e Arena MRV preparam para setembro ou outubro o lançamento do programa de vendas de cadeiras cativas e camarotes da estádio atleticano, projeto que será fundamental para a arrecadação de recursos para a conclusão do empreendimento. Os custos atualizados do estádio estão em R$ 560 milhões. Serão cerca de 4.500 cadeiras cativas, com tempo de uso por 15 anos. Os preços ainda estão sendo definidos, mas devem variar entre R$ 25 mil (posicionamento mais lateral do espaço) e R$ 35 mil (as mais centrais). Os valores poderão ser parcelados no cartão de crédito, financiados pelo Banco BMG, parceiro do clube, em até 60 meses ou mesmo ter um bom desconto para a quitação à vista. Existe ainda uma modalidade de cadeira “premium”, para os chamados sócio fundadores, que contempla cerca de 700 assentos bem centralizados, com bancos acolchoadas e nome do proprietário grafado no local. Os empreendedores já definiram que a cadeira terá um dono, mas a compra não impede que o proprietário ceda o lugar para uma outra pessoa quando ele não puder ir. O bilhete da cadeira cativa será emitido jogo a jogo. Se o torcedor proprietário não fizer a solicitação, o clube poderá colocar seu lugar à venda para um torcedor pontual. Os valores de cada modalidade de cadeira e as formas de pagamento estão sendo afinados. “Não sacramentamos o valor ainda, mas a gente vem estudando entre R$ 25 mil e R$ 35 mil por um período de 15 anos. Talvez algumas cadeiras possam seguir nesse preço. As cadeiras centralizadas podemos cobrar um pouco mais. Vamos ter algumas modalidades de pagamento, seja financiamento com instituição financeira, ou uma parte financiada com a Arena, desconto para quem for comprar à vista. Vamos definir isso em breve”, explicou o CEO do estádio, Bruno Muzzi. O Atlético e os gestores da arena também preparam condições e facilidades especiais para quem já é sócio-torcedor. “De cara, o sócio-torcedor terá prioridade na compra. Estamos pensando em fazer alguma integração do sócio-torcedor com a cadeira, de quem comprar a cadeira (da Arena MRV) já poder ir nos jogos do Atlético (por agora). É um estudo”, ressaltou Muzzi. Para o torcedor que está interessado em comprar uma cadeira cativa, a Arena MRV já abriu um cadastro prévio em seu site para quem quiser receber as novidades. Os camarotes devem custar entre R$ 50 mil e R$ 60 mil o assento. O estádio está previsto para ficar pronto no segundo semestre de 2022.   Matemática A Arena MRV está orçada em R$ 560 milhões. Para levantar os recursos, o clube vendeu 50,1% do DiamondMall, em 2017, por R$ 250 milhões. O valor corrigido chega a R$ 296,8 milhões, conforme comunicado ao mercado da Multiplan, em janeiro deste ano. O Galo também vendeu por R$ 60 milhões os naming rights para a MRV Engenharia, que terá direito ao uso comercial da marca por dez anos. Para fechar a matemática, a plano de negócios conta com a venda das cerca de 4.500 cadeiras cativas e dos 68 camarotes. O clube também pretende levantar recursos com o licenciamento de serviços para o estacionamento, bares e alimentação.

 

Fonte: O Tempo