Apesar de polêmica e revolta, Flamengo não recorrerá pela expulsão de Gabigol

Irritado nos bastidores por conta da expulsão de Gabigol, já nos acréscimos do  clássico contra o Fluminense, no último domingo, o Flamengo irá para o jogo derradeiro do Campeonato Carioca sem a presença de seu goleador. Nas redes sociais, muitos torcedores se questionaram se o Rubro-Negro não poderia tentar reverter o cenário ao acionar a justiça – desportiva – contra a decisão do árbitro Wagner do Nascimento Magalhães. Mas isso não será feito.
De acordo com informações iniciais do UOL, confirmadas pelo LANCE!, o departamento jurídico do Fla, que analisou internamente a situação junto a demais setores do clube, entende que, por não ter ocorrido um equívoco na identidade do jogador expulso, a suspensão automática é obrigatória.Portanto, Jorge Jesus, que deixou o campo na bronca por conta do cartão aplicado ao camisa 9, já treina a equipe nesta segunda com outras boas opções do plantel. O substituto tende a ser Pedro, autor de gols nos dois últimos jogos contra o Fluminense e que possui uma média de gols impressionante. Nas redes sociais, ainda na noite deste domingo, Gabigol lamentou e pediu “um pouco de respeito, e responsabilidade, por favor”.- Assim.. Simplesmente assim tiram você de uma final! Desrespeito com seu trabalho, com sua equipe e com sua família que torce por você em cada jogo! Um pouco de respeito, e responsabilidade, por favor! – escreveu Barbosa.
Até a manhã desta segunda-feira, a súmula da partida ainda não foi publicada no site oficial da Ferj. A aguardar os argumentos do juiz, que expulsou Gabigol após o segundo cartão amarelo, na hora em que o goleador seria substituído. Sem Gabriel, o Flamengo volta a campo nesta quarta, com a vantagem do empate, para a finalíssima do Carioca. O jogo será às 21h, no Maracanã.

 

Fonte: Lance